Diante do papel em branco

Não é fácil encarar uma página pra começar a desenhar. Aliás, pra começar a escrever, fotografar… pra começar mesmo. A página em branco é meio como um sketchbook novo, daqueles mega caros que você começa a pensar que só vale a pena usar se for pra fazer obras primas. É nesse exato momento que você precisa parar o que está fazendo, parar de pensar e desenhar uma besteira, uma porcaria.


Isso mesmo: um rascunho feio, uma piada sem graça, um borrão, alguma coisa que não tem nenhuma lógica. Tirar a pressão do primeiro momento em que você encontra um papel em branco é como alongar antes de se exercitar, ou fazer uns exercícios vocais antes de começar a cantar. É preciso tirar o peso da “obra prima” dos seus ombros e fazer aquele monte de risco que não tem razão nenhuma de ser.


Se faz esse favor e para de respeitar a santidade do sketchbook caro, do papel sem nada. Risca logo isso aí e vai ser feliz! :)


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
lojaJogo-Americano-30x42.png

CNPJ

17.293.670/0001-46

Entre em contato

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram

Assine a Newsletter e ganhe mimos!

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Twitter Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • Ícone do Pinterest Preto

© 2021 por QuadradaQuadrada. 

QUADRADAQUADRADA Ltda. - CPF/CNPJ: 17.293.670/0001-46 - São Paulo, SP 

oi@quadradaquadrada.com